Vivemos em um planeta que viabiliza a existência e a proliferação de algo que até hoje não encontramos em nenhum outro lugar: a vida, em sua multiplicidade de formas. A diversidade é a principal característica do nosso planeta. Percebemos a extraordinária variedade de paisagens dentro de cada continente e cada oceano. Temos um pouco de tudo. Em termos mundiais, o Brasil ocupa uma posição estratégica por sua incomparável e rica biodiversidade. Se por um lado possuímos uma natureza exuberante, por outro necessitamos de investimentos em pesquisas e na formação de mão de obra e estruturas que permitam o adequado aproveitamento e até mesmo a compreensão dessa riqueza.

A vida, em toda a sua plenitude e diversidade, precisa ser conservada. A vida saudável, a qual todos têm direito, deve ser promovida. Mas só atingiremos as metas da saúde e da sustentabilidade se tivermos clareza e consciência de que todos os aspectos da vida estão interligados, formando a “teia da vida”. A vida de cada um de nós depende de muitas outras vidas. Assim como outras espécies, fazemos parte de uma complexa teia de inter-relações,que vai dos ecossistemas locais à ecosfera global. Assim, a degradação dos sistemas de suporte à vida, que incluem o ar que respiramos e nosso clima, as águas que bebemos ou onde pescamos, os solos em que habitamos e trabalhamos, assim como a biodiversidade, representa uma ameaça a todos. Infelizmente, sabemos que as atividades do homem, ao longo do tempo, vêm causando muitos estragos e prejuízos a essa rica diversidade biológica. Atualmente, a perda de biodiversidade é um dos problemas mais graves que acometem a Terra.

Dia Mundial

Dia 5 de junho é o Dia Mundial do Meio Ambiente.O que queremos e podemos fazer pelo meio ambiente? Será que desejamos mesmo uma economia solidária, ou, no fundo, que vença o melhor e o mais forte? Precisamos nos olhar no espelho para saber se nossos atos não contradizem nossas palavras, nossos pensamentos, valores e desejos. Enfim, qual é o nosso conceito de felicidade, para nós e para os que dependem de nossas atitudes, aqui e agora, para ter qualidade de vida no futuro?

É muito simples: sem Planeta, não há espécie humana, nem justiça social, nem riqueza, nem democracia. Enquanto “ter”for mais importante que “ser”,nossa permanência sobre o Planeta será insustentável.

Acompanhe a seguir uma proposta de atividades para trabalhar o Meio Ambiente na escola.

 

Objetivos

- Por meio de diálogo, perceber o que o aluno entende por biodiversidade e proporcionar meios para ampliar seu conhecimento sobre o tema;

Reflexão sobre a realidade do planeta Terra: como está o meio ambiente hoje, como pode ficar daqui a 10 anos e o que deve ser feito para que seja preservado para as gerações futuras;

- Tornar os alunos mais conscientes a respeito do seu papel e de sua responsabilidade com a qualidade da vida no planeta, e com a preservação da biodiversidade, estimulando a busca por soluções inteligentes e funcionais, ao alcance de todo cidadão;  

Motivar o aluno para mudanças de atitudes e valores e sensibilizá-lo para a transformação ambiental de sua realidade;

Estimular novos comportamentos: ético, solidário e responsável, tanto com os semelhantes quanto com os demais seres da criação;

Colaborar para humanizar e possibilitar a construção da paz, na qual cada aluno conscientize-se de que a vida humana está inserida numa “teia” e o rompimento dela resulta em desequilíbrio para todos;

Apresentar o assunto de modo instigante, utilizando recursos, como música e internet.

 

Abordagem por áreas

Língua Portuguesa

Leitura e escrita de diferentes tipos de textos; dramatização, peça teatral, filmes. Leitura reflexiva e crítica de textos (texto base, textos de revista e jornais). Contextualização do assunto proposto.

Geografia e História

Pesquisa em livros e na internet sobre biodiversidade, meio ambiente; trabalho com imagens e histórias em quadrinhos, que unem imagem e escrita; outras técnicas que unem imagem e fala, como filmes e documentários; e outras que recorrem somente à imagem, como fotografias, desenhos, pinturas e esculturas. Observação do ambiente no próprio bairro e suas características.

Ciências

Leitura de textos e pesquisa sobre biodiversidade.

Artes

Colagens, dobraduras, desenhos representando a biodiversidade, maquetes.

Matemática

Situações-problema envolvendo o tema proposto: quantidade de animais em extinção; pesquisar (em números) a perda de biodiversidade mundial, que já atinge um ritmo considerado alarmante pelos ambientalistas.

Desenvolvimento

Partindo das (con)vivências, dos saberes, bem como das experiências de vida dos alunos, esse projeto pedagógico objetiva ampliar o tema Biodiversidade, em relação não só à aquisição de um conhecimento mais rico, mas também a uma chamada mais consciente, compromissada, respeitosa, carinhosa em relação ao planeta Terra. Os seres humanos, assim como as outras formas de vida do Planeta, dependem dos ecossistemas locais e do ambiente global para manterem suas vidas e, principalmente, uma vida saudável.

As atividades são iniciadas em círculo, com uma acolhida (uma frase na carteira de cada aluno ou um desenho), uma música, uma dinâmica e um bate-papo a respeito do assunto a ser abordado. Trabalhos individuais, em duplas e em grupo serão realizados. Os alunos a todo o momento serão chamados a dar opiniões e sugerirem tipos de atividades para conduzir os trabalhos.

O projeto será desenvolvido em oito etapas, conforme explicação a seguir:

 

Primeira etapa

Em círculo, contextualizar o tema colocando um fundo musical, bem suave, de preferência com sons da natureza. Os alunos refletirão sobre a música, o seu valor, a sua beleza. Bem descontraídos, mais próximos da natureza, discutirão sobre o que acharam da música, se gostaram e o que ela transmite para cada um. Por meio de um desenho, de uma frase, representarão esse momento. Em seguida, verificar o que eles entendem sobre Biodiversidade e, depois, perguntar como funciona a preservação ambiental dentro das suas casas e no bairro em que vivem. O que eles observam? Como a família se relaciona com o meio ambiente? Motivar um debate sobre o que eles fazem e o que poderiam fazer em benefício da natureza e de todos. Dividir o quadro em duas colunas, nas quais os alunos anotarão as falas dos colegas e discutirão sobre elas e, depois, farão um cartaz que será colocado na sala de aula, para que reflitam, em outros momentos, sobre a opinião de cada um.

 

Segunda etapa

Apresentar o termo “Equilíbrio Ecológico”e convidar os alunos para construírem uma teia semântica – formada por palavras relacionadas ao conceito. Os alunos explicarão a escolha das suas palavras e a teia será registrada por meio de um cartaz que será afixado na sala de aula.

Em seguida, chamar a atenção para o fato de que, na natureza, todos os seres vivos mantêm relações entre si e com o meio ambiente. Essas relações provocam movimentação de energia, pois os seres vivos retiram da natureza os nutrientes necessários para o desenvolvimento.

Nesse momento, o professor provocará os alunos com os seguintes questionamentos:

a) Você já pensou de onde vêm os produtos que consome?

b) Existe equilíbrio entre o que é retirado e o que retorna ao ambiente?

As falas dos alunos ficarão registradas para que, em outras atividades, sejam retomadas.

 

Terceira etapa

Apresentar e trabalhar a dinâmica de educação ambiental: “A teia da vida”. A dinâmica está totalmente explicada no link: http://tinyurl.com/bslrxox

 

 

Quarta etapa

Trabalhar o poema Compromisso Terra, de Berenice Gehlen Adams, que pode ser acessado no link: www.apoema.com.br/compromisso.htm

Distribuir a letra do poema para os alunos, fazer a leitura e interpretação. Os alunos poderão representar o poema com desenhos, colagens ou produção de texto. Socializar a atividade para todo o grupo.

Algumas estrofes do poema podem ser ouvidas em: www.apoema.com.br/compromisso.mp3

 

Quinta etapa

Trabalhando com músicas:

Ouvir as músicas indicadas e desenvolver as atividades propostas:

a – Passaredo

Compositores: Francis Hime e Chico Buarque

www.vagalume.com.br/adriana-partimpim/passaredo.html

- Analisar criticamente sua letra;

- Identificar a biodiversidade de pássaros da fauna nacional;

- Realizar pesquisa, individual ou em grupos, de imagens na internet, em livros, revistas, jornais, de pássaros citados na música Passaredo para ilustrar a compreensão do aluno sobre o assunto. Socializar a atividade para todos os alunos.

 O Sal da Terra   

Compositores: Beto Guedes e Ronaldo Bastos

www.vagalume.com.br/beto-guedes/o-sal-da-terra.html#ixzz2LAY6JjdU

c  Pra Sempre Verde 

Compositor: Tom Jobim

www.vagalume.com.br/tom-jobim/pra-sempre-verde.html

d – Planeta Azul

Composição: Durval de Lima e Aldemir Emídio de Souza

Propor aos alunos que troquem ideias com os colegas sobre as letras das músicas, sinalizando qual é a principal mensagem que as canções procuram transmitir.

 

Sexta etapa

Trabalho em grupo, pesquisando na internet, em livros, revistas, na biblioteca da escola sobre agressões ao meio ambiente e suas consequências para a biodiversidade. Cada grupo apresentará o trabalho em sala de aula. Em seguida, o mesmo será instalado no mural da sala de aula.

 

Sétima etapa

Apresentar a imagem do site abaixo para que os alunos façam, oralmente, de forma autônoma e crítica, a leitura dela, e, em seguida, registrem por escrito suas leituras, podendo ser acompanhadas de um desenho. Apresentação em cartaz no mural da sala de aula. Como em todas as etapas, essa também identifica as atitudes de cidadania dos alunos.

http://tinyurl.com/cgjjfge

 

Oitava etapa

Assistir ao vídeo sobre meio ambiente (conscientização), que pode ser acessado em: http://tinyurl.com/mgvjwl. Promover reflexão e discussão sobre o vídeo.  

Trabalhar também a letra da música. Perguntar aos alunos se eles conhecem a música, a letra. Distribuir a letra da música para os alunos (Inglês - Português)

http://tinyurl.com/clk5ex7

“Se dermos as mãos, quem puxará o gatilho?”

Questionar qual a mensagem desta frase?

“Você vai ficar parado? O planeta depende de você!”

Relacionar essa etapa com a primeira.

 

Nona etapa

A vida necessita de nossos cuidados, do nosso carinho, de atenção, de atitudes cuidadosas. A vida é todo esse imenso conjunto de seres, lugares e relações do qual fazemos parte. Essa vida merece cuidados. Mas, por onde começar? Que tal lançarmos “sementes-ações” e “sementes-ideias” que transformem as paisagens da atual secura humana? Vamos ser tão cuidadosos com a vida e “florestar” corações?

Após a leitura e a reflexão do trecho acima, propor aos alunos que divulguem na comunidade as práticas apresentadas nas atividades, de forma a estabelecer laços de solidariedade e compromisso com o meio ambiente. Essa divulgação poderá ser feita por meio de produção de panfletos que serão apresentados também para toda a escola.

Ampliando conhecimentos

Depois de terminada a produção dos panfletos, os alunos assistirão ao Power Point Slider referente à natureza humana, que pode ser acessado em: http://tinyurl.com/d2nfeeu

Avaliando resultados

Avaliação é movimento, ação e provocação. Professor e aluno discutindo seus pontos de vista, trocando ideias, organizando-as e reorganizando-as a todo instante. Perceber se realmente estão tendo alguma mudança de comportamento, pensando na preservação do meio ambiente.

 

Autora: Maria do Carmo Rezende Procaci Santiago, graduada em Letras (Português-Inglês) e Direito, professora regente de Língua Portuguesa da Rede Municipal de Educação do Rio de Janeiro (RJ). 

+ Educação
Assine a newsletter mensal e gratuita +Educação e receba ainda mais conteúdo no seu e-mail!