Um dos maiores atrativos da Química, para os alunos, é o fato de poder utilizar materiais do dia a dia para realizar experimentos e poder visualizar as reações químicas. Essa é a essência desse plano de aula sobre oxidação, elaborado por Emiliano Chemello, professor de Química da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Elaborada para durar apenas uma aula, a atividade sugerida por Chemello propõe o uso de materiais de limpeza comuns como palha de aço e água sanitária, os quais farão parte de um experimento para que os alunos compreendam os processos de oxidação e redução, além de conhecer agentes oxidantes e redutores com materiais alternativos e de baixo custo.

O experimento é bastante simples. Acompanhe:

Passo 1

Solicite que os alunos coloquem um pedaço de palha de aço (com os fios desembaraçados) no fundo de um tubo de ensaio. Em seguida, auxilie-os a colocarem água sanitária no tubo, preenchendo 2/3 do vasilhame. Peça para os alunos esperarem cerca de 10 minutos, tempo necessário para que a reação química de oxirredução aconteça. “Enquanto espera a reação ocorrer, discuta com os alunos sobre as hipóteses do que está ocorrendo. Chame a atenção deles para que olhem para a formação de 'algo' de cor marrom. Provavelmente, neste momento, eles falarão da ferrugem sendo formada, devido ao aspecto familiar dessa reação. A fim de relacionar o experimento com a formalização química do fenômeno, lance a pergunta: ‘O que realmente está acontecendo dentro do tubo de ensaio?’ Reproduza no quadro as ideias que os alunos lançarem”, explica Chemello.

Passo 2

Depois da parte prática, é hora de aplicar os conhecimentos teóricos, transformando o experimento em uma equação química no quadro. “Sabe-se que a palha de aço é praticamente ferro [Fe(s)] e a água sanitária, uma solução de hipoclorito de sódio [NaClO(aq)]. Então, com a ajuda dos alunos, pode-se montar a equação para a reação química: Fe(s) + NaClO(aq) –> Fe2O3(s) + NaCl(aq). Em seguida, com ajuda dos alunos, pode-se realizar o balanceamento da equação, obtendo: 2 Fe(s) + 3 NaClO(aq) –> Fe2O3(s) + 3 NaCl(aq). Neste momento, com a equação pronta e balanceada, peça aos alunos que determinem os números de oxidação (NOX) de cada elemento presente na equação, separando os elementos que mudam seu NOX dos que não mudam o NOX”, sugere o professor.

Passo 3

Em seguida, solicite aos estudantes que construam um mapa conceitual (mais informações em http://cmap.ihmc.us/) que relacione os conceitos de oxidação, redução, NOX, elétrons, agente oxidante e agente redutor. Recolha os mapas e verifique se os alunos fizeram as relações corretamente. Como atividade extraclasse, Chemello sugere que os alunos repitam o experimento da palha de aço e água sanitária em casa, filmando e depois postando em algum site como YouTube ou Vimeo. “Uma aula posterior pode ser dedicada à passagem dos vídeos produzidos para a socialização entre os alunos”, aconselha o educador.

 

Matéria publicada na edição de maio de 2014.

+ Educação
Assine a newsletter mensal e gratuita +Educação e receba ainda mais conteúdo no seu e-mail!