Toda eleição sempre é marcada por pesquisas de opinião pública que procuram retratar quem são os favoritos na disputa por cargo político naquele ano. Para a professora de Matemática Ingrid Milléo, de Ponta Grossa (PR), tais pesquisas são excelentes para que os alunos compreendam como é feito o trabalho com dados durante as eleições. A educadora elaborou um plano de aulas que simula uma pesquisa de opinião pública ao longo de 5 a 6 aulas. Destinada a alunos do ensino médio, a atividade pode ser adaptada para qualquer idade. “Serve para qualquer faixa etária/série, só depende do aprofundamento que o professor dará”, afirma Ingrid. A sugestão aqui é para aplicação em uma turma do 2º ano do ensino médio.

Plano de aulas

A atividade tem início com o levantamento de todos os candidatos a algum cargo político (em 2014, as eleições são para presidente, governador, senador, deputados federal e estadual) e a elaboração de um questionário com base nesse levantamento. Esse questionário será aplicado para os outros estudantes, professores e demais funcionários da escola, tal qual as pesquisas oficiais realizadas por institutos como Ibope, Datafolha etc.

Depois da aplicação do questionário, os alunos deverão reunir, tabular e separar os dados, analisando todas as informações obtidas. Após o tratamento dos dados, é hora dos estudantes apresentarem os resultados da pesquisa para os entrevistados, ou seja, para o restante da escola. Para essa apresentação, os alunos podem usar quaisquer materiais que preferirem: apresentações no computador, cartazes ou projetor de slides.

A apresentação dos dados, em conjunto com todo o processo de preparação e aplicação do questionário, pode ser usada para avaliar os estudantes que, em geral, parecem gostar e se divertir com a atividade, de acordo com Ingrid. “Já apliquei o plano de aulas e os alunos se mostraram interessados e, com isso, o aprendizado tornou-se mais agradável”, comenta a educadora. 

+ Educação
Assine a newsletter mensal e gratuita +Educação e receba ainda mais conteúdo no seu e-mail!