Professores das redes públicas estaduais e municipais podem se inscrever, até o dia 30 de abril, na Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro. A fim de valorizar a interação de crianças e jovens com os seus meios, a olimpíada tem como tema “O lugar onde vivo”. Promovida em parceria entre a Fundação Itaú Social e o Ministério da Educação (MEC), a iniciativa visa aprimorar a didática dos docentes de Língua Portuguesa para desenvolver competências de escrita nos alunos e contribuir com a melhoria do ensino público. No país, o aprendizado em Língua Portuguesa está abaixo do nível considerado adequado. Em 2013, 27,2% dos alunos do 3º ano do ensino médio e 28,7% dos alunos dos 8º e 9º anos do ensino fundamental atingiram esse patamar, segundo dados da Prova Brasil. Em entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira (26), a superintendente da Fundação Itaú Social, Angela Dannemann, afirmou que contribuir para a mudança desse cenário é a motivação da olimpíada. “É uma estratégia formativa que busca a melhoria do desempenho dos alunos no aprendizado da disciplina e na aquisição da linguagem escrita”, ressaltou.

A Olimpíada de Língua Portuguesa, que está na quinta edição, tem ciclo de dois anos. No primeiro, ocorre o concurso de produção de textos com os alunos dos ensinos fundamental II e médio. O ano seguinte é dedicado à formação de docentes, por meio de cursos presenciais e a distância, realização de estudos e pesquisas, elaboração e produção de recursos e materiais educativos. A iniciativa tem a coordenação técnica do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec). “A estratégia é investir fortemente na formação dos professores, a fim de que eles tenham mais instrumentos para desenvolver atividades eficientes em sala de aula”, enfatizou, durante a coletiva, Anna Helena Altenfelder, superintendente do Cenpec. Em cinco edições da olimpíada, Anna Helena acredita que os professores participantes aprimoraram suas práticas, “o que gera reflexo no aprendizado dos alunos”.

INSCRIÇÃO

As inscrições para a Olimpíada de Língua Portuguesa são realizadas no Portal Escrevendo o Futuro (www.escrevendoofuturo.org.br). Os professores podem inscrever trabalhos de quatro gêneros: Poemas (alunos de 5º e 6º anos do ensino fundamental), Memórias literárias (7º e 8º anos), Crônica (9º ano e 1º ano do ensino médio) e Artigo de opinião (2º e 3º anos do ensino médio). As escolas terão até o dia 19 de agosto para encaminhar os textos. Para que professores e alunos interessados possam participar do programa, as secretarias de Educação devem fazer a adesão. No portal, também está disponível o material formativo que auxilia os professores nas oficinas de produção de texto. Na última edição, que teve início em 2014, participaram mais de 5 milhões de alunos, de 5.015 cidades – mais de 90% dos municípios brasileiros. 

+ Educação
Assine a newsletter mensal e gratuita +Educação e receba ainda mais conteúdo no seu e-mail!