Como diz o filósofo Mario Sergio Cortella, “o mundo que vamos deixar para nossos filhos depende muito dos filhos que vamos deixar para esse mundo”. Acima de tudo, um professor é um grande líder e tem que ser um exemplo por meio de suas ações.

Um professor deve tratar seus alunos como clientes. E clientes esperam algo da gente. Não podemos decepcioná-los. Os líderes, sejam eles professores ou líderes empresariais, são fundamentais para a formação das pessoas. Há muitas atitudes que motivam as pessoas. Líderes com brilho nos olhos contagiam, fazem com que as pessoas os sigam – e não apenas para cumprir ordens.

Se um professor líder deseja que seus alunos “suem a camisa” e superem as expectativas, ele deve estar ali, com a turma, dando motivos para que as pessoas continuem. Eu diria mais: quando um estudante vê a empolgação do líder, não há como não se apaixonar e querer dar o melhor de si. Quando um líder está empenhado, trabalhando duro com a equipe, defendendo ideias, faz com que cada um tenha vontade de dar tudo de si.

Transparência, reconhecimento, acolhimento, ambiente harmonioso, facilidade de acesso ao trabalho, benefícios e possibilidade de crescer são aspectos que pesam na balança de todo colaborador. E esse líder tem que ser o mesmo dentro e fora da empresa.

Não são apenas as crianças que aprendem com os exemplos. Uma maçã podre sempre será capaz de estragar um cesto de maçãs boas se não for removida ou “tratada”. Um professor líder desmotivado e relapso com sua equipe de alunos será capaz de tirar a vontade até do mais animado dos estudantes ou, pelo menos, fazê-lo buscar oportunidade em outro lugar, no qual haja razão para trabalhar duro.

Se você quer que seus alunos sigam bons valores, seja o primeiro a adotá-los como mandamentos, como diretrizes de suas ações. Portanto, o estilo de vida aqui proposto deve começar por você. Pessoas acreditam mais no que veem do que naquilo que lhes é dito. Uma fofoca pode se espalhar com rapidez, mas se você constrói uma reputação e tem valores e credibilidade, as pessoas acreditarão em você ou, pelo menos, o ouvirão. Ter credibilidade com seus alunos é fundamental para que eles o sigam, o respeitem e acreditem em suas ideias. Pronto para essa grande revolução?

 

Texto adaptado. Autor: Alexandre Slivnik, empresário com 17 anos de experiência na área de RH e Treinamento. Autor do livro O poder da atitude (Ed. Gente)

+ Educação
Assine a newsletter mensal e gratuita +Educação e receba ainda mais conteúdo no seu e-mail!